Quinta, 23 Junho 2016 00:00

Número de mortes por gripe aumenta 21%; em MS já registra 65 óbitos

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Na semana passada, o número de mortes pelo vírus H1N1 – causador da gripe A – em Mato Grosso do Sul era de 52 e, nesta semana, já são 63, representando aumento de 21,15%. Em Campo Grande e Naviraí, cidades com maior incidência da doença no Estado, são 18 e 7 mortes, respectivamente, de acordo com boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) nesta quarta-feira (22).

Enquanto na semana passada o boletim apontava 926 casos notificados ou de internação, nesta semana já são 1.042. Casos confirmados de gripe A totalizavam 271 na semana passada e nesta, 324.

De acordo com a SES, na coleta de 1.920 amostras de influenza pelo Lacen (Laboratório Central), 722 deram positivo. Por isso, 682 pessoas tiveram que ficar isoladas em decorrência da exposição ao vírus

Conforme o boletim epidemiológico, uma pessoa foi diagnosticada com influenza A não subtipado e uma com influenza B. Da semana passada para esta, esse quadro não avançou.

Para diminuir a circulação dos vírus da gripe é recomendada a higienização das mãos, utilização de lenço descartável para higiene nasal, cobertura do nariz e boca quando espirrar ou tossir, higienização das mãos após tossir ou espirrar, evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal, evitar aperto de mãos, abraços e beijo social, reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração

Lido 142 vezes