Sexta, 01 Julho 2016 00:00

Fronteiras abandonadas em Mato Grosso do Sul deixam passar droga para Europa

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A deficiente fiscalização policial nas fronteiras secas com a Bolívia e Paraguai, transformou o Mato Grosso do Sul em corredor estratégico dos grandes carregamentos de cocaína enviados para a Europa. Volumes significativos da droga têm chegado ao Porto de Santos, de onde são enviados para o exterior em conteineres, em navios de cargas que partem do terminal. Somente nos últimos seis meses, mais de 1,6 tonelada de cocaína foi encontrada no porto, em pelo menos quatro apreensões.

A última apreensão aconteceu há uma semana, quando equipes da Polícia Federal e de Vigilância e Controle Aduaneiro de Santos acharam  648 tabletes do entorpecente, totalizando 702 quilos. A droga estava dentro de 20 caixas de papelão, marcadas com “X”, em vermelho, em um contêiner de bagagem desacompanhada. O destino declarado do contêiner era o porto de Antuérpia, na Bélgica.

Lido 132 vezes